As Dietas Simples que Realmente Funcionam

Você quer saber Dietas Simples que Realmente Funcionam?

Vejo cada vez mais pessoas procurando dietas na internet, sejam elas radicais, restritivas ou as simples.

Nessa procura pelo emagrecimento, o foco está em mudanças alimentares de curto prazo e seguir um cardápio base.

A opção ao buscar por dietas simples se dá, por que as dietas radicais comuns podem gerar diversos problemas como o efeito sanfona e também aumenta o risco de doenças.

Mas será que as dietas simples são realmente uma boa opção?

Como funcionam as dietas simples?

As dietas simples são, ao contrário das dietas radicais, compostas por todos os componentes necessários ao corpo, de uma forma que cada pessoa pode se alimentar de forma completa e benéfica.

Essas dietas, muitas vezes, já são acompanhadas dos exercícios físicos por quem já tem experiência suficiente para saber que os dois juntos são a melhor maneira de emagrecer.

Porém todos os dias, centenas de pessoas começam novas dietas e centenas de pessoas  desistem de suas dietas por diversos motivos:

  • Achar que são muito elaboradas,
  • Falta de tempo
  • Ausência de motivação
  • Difícil preparo dos alimentos
  • Gastar muito.

Porém, a maneira certa de fazer uma dieta é conhecer os tipos os alimentos que você consome e saber quais ajudam você a perder peso e quais te atrapalham

Tipos de alimentos para dietas simples

Dietas simples são frequentemente baseadas em alimentos naturais, como frutas, verduras e legumes, pois são saudáveis e além disso, baratos.

Cardápios simples mas com tudo o que o organismo precisa não são difíceis de preparar, como, por exemplo, carne magra, feijão, arroz e folhas.

O corpo necessita de uma série de nutrientes e substâncias para sobreviver.

A combinação disso acarretará em uma perda de peso satisfatória, sempre pensando no bem para o organismo.

Os tipos de alimentos:

Carboidratos: oferecem uma grande quantidade de energia para o corpo. Sempre devem estar acompanhados de algum alimento rico em proteínas, fibras ou gorduras. Com elas a velocidade da digestão é mais lenta e o carboidrato não se torna tão engordativo.

Proteínas: ajudam na perda de peso, pela característica de saciedade. Ajudam na queima de calorias. Ovos, leites, frangos e carnes são exemplos excelentes para manter em uma dieta. Há também a possibilidade de obtermos proteínas no famoso feijão com arroz de cada dia, só que em menor quantidade.

Fibras: legumes, frutas, grãos e verduras possuem as fibras necessárias ao corpo. Aumentam a sensação de saciedade e são extremamente úteis na perda de peso.

Minerais e vitaminas: auxiliam no bom funcionamento do organismo. Legumes, frutas e verduras contêm essas substâncias. Quanto mais delas na dieta, melhor.

Gorduras: aqui entram a monoinsaturada e a poli-insaturada. Estão contidas em óleos de soja e azeites do tipo extra virgem.

Uma dieta completa é aquela que possui todos esses itens.

É como imaginar um prato sendo dividido em 5 partes. Todas elas possuem propriedades essenciais ao organismo e que fazem bem na perda de peso e no controle de saúde.

Dessas maneira você consegue emagrecer com saúde, sem gastar muito ou agredir seu organismo. Porém, existem diversos meios de fazer sua dieta mais eficaz, sem maluquices que causem risco a sua saúde.Dicas para tornar sua dieta mais efetiva.

Para os regimes simples darem certo existem diversas dicas – que atuam de forma direta e indireta – que podem fazer uma diferença enorme na perda de peso e na procura da boa saúde.

Vamos conhece-las:

Descanso

Dormir bem é um item indispensável para quem procura emagrecer. Aliás, são aquelas horas de sono que permitem que o corpo se recupere do dia anterior e que esteja preparado para o seguinte. Assim como é importantíssimo para quem pratica exercícios físicos.

Água

Além de hidratar o corpo, a água ajuda na retenção de líquidos e ajuda na queima de gorduras. É uma fonte essencial ao organismo, por isso, de preferência seu consumo deve ser de pelo menos 2 litros de água por dia.

Café da manhã

Uma dieta sem o consumo de um bom café da manhã não é considerada dieta. Essa refeição é a que vai fornecer a energia para o restante do dia. Deixa a pessoa mais ativa e mais saudável, de forma que assim não exagere na hora do almoço.

Comer a cada 3 horas

É importante realizar lanches ou alguma refeição leve pelo menos a cada 3 horas, pois não é aceitável deixar o corpo passando fome. Dessa forma, o corpo se mantém em um funcionamento adequado para aguentar o restante do dia. Porém evite alimentos altamente calóricos entre as refeições, é necessário se controlar, pois a ideia é ativar o metabolismo com um alimento leve.

Estresse

Procurar relaxar durante o dia e principalmente na hora de pensar em uma dieta, por mais simples que seja, o descanso é necessário para ter uma perda de peso satisfatória.O cansaço, a ansiedade e o estresse causados no dia a dia interferem na concentração e na maneira como se alimenta. Uma dica interessante é praticar algum exercício de relaxamento, como, por exemplo, a meditação ou yoga.

O que importa realmente é seguir dietas para emagrecer com saúde junto com exercícios físicos, além das dicas de ouro desse artigo.

Lembre-se: Não se deve colocar como prioridade o emagrecimento em detrimento da saúde. Por isso, consulte um médico ou nutricionista para avaliar o estado físico e o regime adequado para você.

Artigos Relacionados

Saúde Próspera