Fazer Exercícios à Noite: Os prós e contras para a sua saúde

Nós estamos em constante movimento, só de levantar todo dia, cair na rotina e enfrentar o estresse do dia a dia, vemos que a necessidade e a conscientização das pessoas por lutarem por uma vida mais saudável e cada vez mais constante e é comum vermos por nossas cidades, em parques, nas academias ou até pelas ruas no nosso bairro, diversas pessoas fazendo exercícios à noite, depois de atingir e finalizar todas suas obrigações durante o dia.


É algo para se parabenizar, afinal, muita gente trabalha o dia inteiro e ao quando chegam em casa, ainda conseguem buscar forças para se preocupar com a saúde física, entretanto, felicitações a parte, deve-se tomar muito cuidado com os exercícios á noite ou até mesmo os que são feitos na madrugada para não complicar nosso sistema imunológico.


1º Cuidado: segundo vários fisiologistas praticar exercícios físicos é realmente muito bom para nossa saúde, desde que, tomamos cuidado em outras partes de nossa vida também, por exemplo, não podemos dormir menos para exercitar um pouco mais e muito menos comer menos para manter o corpo em forma.


Para conseguirmos resultados verdadeiramente positivos com nossa rotina de exercícios físicos, primeiramente temos que dar importância para quantidade correta de descanso e também nos alimentar da maneira correta. Respeitando esses dois pontos primordiais, estaremos meio caminho andado para um corpo mais saudável e uma vida mais ativa.


E não pense que, dormindo menos e malhando mais, você estará fazendo um favor para seu corpo, pelo contrário, os níveis de estresse de uma noite mal dormida no dia seguinte, pode causar grandes transtornos e ainda prejudicar os resultados de seus esforços físicos, algo que, com o tempo lhe trará a ideia de poucos resultados e com o tempo, abandonará seus exercícios.

Veja também:   Herpes Zóster - Sintomas, Dicas e Prevenção

Abaixo, vamos listar algumas dicas muito importantes para as pessoas que preferem fazer seus exercícios a noite:



  • Não faça exercícios em jejum.
  • Comece os exercícios devagar e vá aumentando gradativamente
  • Alimente-se bem durante o dia, mas não deixe de comer algo antes e depois dos exercícios.
  • Se você jantar, faça os exercícios depois de três ou quatro horas. No caso de um lanche leve, espere apenas uma hora.
    Jamais esqueça de alongar os músculos, aquecer é primordial para não passar mal.
  • Alimentos que contém zinco são importantes para quem gosta de exercitar depois do trabalho devido ao fato de reduzir a quantidade de cortisol, hormônio relacionado ao estresse humano, conheça os alimentos que contém zinco: maçã, melão, morango, arroz, cereais, chás e castanhas.
  • E ainda nos alimentos, uma dieta com base nos carboidratos evita lesões musculares e fadigas precoces.
    Antes dos exercícios fiscos é importante consumir cerca de 30g de carboidratos
  • Não coma fibras antes de ir para sua academia, as fibras costumam complicar a digestão, podendo trazer mal estar e poucos resultados.
  • O essencial é dormir bem de 7 a 12 horas, para isso, programe-se para não complicar outro lado da sua vida.

Artigos Relacionados